Os sintomas mais frequentes no início de uma gravidez

Os sintomas mais frequentes no início de uma gravidez

08 Maio 2018

Dependendo da sensibilidade e do organismo de cada mulher, os primeiros sintomas associados à gravidez podem aparecer uma semana após a conceção. Há quem não tenha qualquer pista de que está, efetivamente, grávida e há quem possa desconfiar quase de forma imediata, tendo em conta aquilo que passa a sentir nesta fase da sua vida.

Os sintomas poderão variar de mulher para mulher e até de gravidez para gravidez, sendo também podem ser facilmente confundidos com outros acontecimentos quando a mulher está a passar por um período de stress ou ansiedade – a ausência de menstruação, as dores de cabeça mais frequentes e as alterações hormonais, por exemplo, nem sempre são sinónimo de gravidez – mas existem, efetivamente, sintomas mais frequentes no início da gravidez.1.

1. Um ligeiro sangramento

Quando existe a implantação do óvulo na parede do útero, pode haver um ligeiro sangramento acompanhado de algumas dores semelhantes às da menstruação. Este é o primeiro sinal de gravidez mas existem mulheres que não chegam a ter este sangramento.

2. Alterações na menstruação

A falta de menstruação não traduz, necessariamente, uma gravidez mas é, sem dúvida, o indício mais comum de que um bebé vem a caminho. Algumas mulheres continuam a ter o período durante algum tempo mas o sangramento acaba por ser diferente, normalmente mais leve e mais curto do que seria no caso de não estarem grávidas.

3. Alterações mamárias

Outro sintoma que pode ser identificado no início da gravidez é o aumento do volume e da sensibilidade das mamas. As mulheres grávidas sentem muito frequentemente alguma dor e notam até que as mamas estão mais inchadas. O escurecimento das aréolas mamárias também.

4. Enjoos e dores de cabeça

Quando se conversa sobre o início da gravidez, os enjoos são (quase sempre) um ponto abordado. As náuseas e o enjoo matinal, assim como as dores de cabeça, são dos sintomas mais frequentes no início da gravidez, devido às alterações hormonais pelas quais o organismo está a passar.

5. Cansaço e dores musculares

A falta de energia pode aparecer cedo e pode começar a sentir-se uma semana depois da conceção. As dores musculares, sobretudo na parte inferior das costas, são também muito frequentes em muitas mulheres, podendo ser um dos sintomas que acompanham a grávida durante os nove meses, com tendência para piorar com o aumento de peso e a dificuldade em encontrar posições confortáveis devido ao volume da barriga.

Não perca as nossas novidades! Subscreva a nossa newsletter.

Artigos sugeridos

Garantia

Garantia de reembolso caso não esteja satisfeita com os nossos produtos.

Entrega

Serviço de entrega rápido para que nunca lhe faltem produtos quando mais precisa.

Pagamento

Disponibilizamos os principais métodos de pagamento online para sua conveniência.

Contacto